Bolsa Família: 13º salário previsto entre 10 e 23 de dezembro ou antes?

O Bolsa Família, reconhecido por seu papel crucial no combate à pobreza no Brasil, tem gerado discussões sobre a inclusão do 13º salário para os beneficiários em 2024. Este programa de transferência de renda visa apoiar famílias em condição de extrema pobreza, com renda per capita mensal até R$ 89,00, e aquelas em situação de pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178,00.

A concessão do benefício está condicionada à adesão das famílias a compromissos nas áreas de saúde e educação.

Bolsa Família: 13º salário previsto entre 10 e 23 de dezembro ou antes? | Foto: Jeane de Oliveira / noticiadamanha.com.br

Bolsa Família terá pagamentos adicionais?

O Bolsa Família almeja aliviar a pobreza imediata, promover o desenvolvimento humano através da educação e saúde de crianças e adolescentes, e interromper o ciclo de pobreza entre gerações.

Em relação ao 13º salário, inicialmente implementado no governo Bolsonaro em 2019, as expectativas para sua continuidade em 2024 são incertas, especialmente sob a gestão de Lula, que não prometeu tal benefício em sua campanha.

Até o presente momento, não há confirmação oficial sobre o pagamento do 13º salário do Bolsa Família em dezembro de 2024. Se efetivado, poderiam beneficiar-se famílias com renda per capita mensal até R$ 218.

Fique atento aos demais repasses

Atualmente, o programa assegura diversos benefícios, como o Benefício de Renda de Cidadania e complementos para garantir um mínimo de R$ 600 por família, além de valores adicionais para primeiras infâncias e gestantes.

O calendário de pagamentos, divulgado anualmente, detalha as datas específicas de liberação dos valores. Em março, por exemplo, haverá antecipações para alguns pagamentos. Para participar do Bolsa Família, as famílias devem procurar a assistência social de seu município com a documentação necessária.

Uma vez aprovadas, receberão um cartão magnético para o saque dos benefícios.

Veja mais sobre: 4 benefícios e BÔNUS extras: pagamento passa de R$ 1.658,06; seu CPF está na lista?

É possível fazer o consignado do Bolsa Família?

Atualmente, a possibilidade de realizar empréstimos consignados vinculados ao Bolsa Família não é uma opção disponível. O programa Bolsa Família, reestruturado e renomeado para Auxílio Brasil, tem como foco a transferência direta de renda para famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, visando a melhoria das condições de vida, acesso à educação, saúde, e nutrição.

A natureza do programa é assistencial e preventiva, não sendo projetado como uma fonte de renda estável a longo prazo ou como garantia para operações de crédito, como os empréstimos consignados, que são descontados diretamente da folha de pagamento do beneficiário.

Esses empréstimos geralmente são associados a salários, aposentadorias ou pensões, que apresentam uma garantia de recebimento contínuo, diferentemente dos programas de assistência social.

Portanto, para as famílias beneficiárias do Bolsa Família ou Auxílio Brasil, buscar informações atualizadas sobre apoio financeiro adicional e programas de crédito acessível é recomendável, sempre considerando as diretrizes e condições estabelecidas pelo governo.

Veja mais sobre: Ficou desempregado? Dá para conseguir auxílio de R$ 150